Análise: Sirvam o Rei, da TGM Editora

Sirvam o Rei, do game designer Joshua Kritz, é uma primeira tentativa muito necessária da TGM Editora de lançar um jogo pequeno e de baixo custo. Com uma caixinha que cabe no bolso e valor abaixo da linha dos 50 reais, o jogo para 3-6 jogadores é uma combinação de Memória e Gestão de Mão, com algumas doses de Toma Essa e Blefe. Destaque para a bela arte de Diego Sá.

Continuar lendo Análise: Sirvam o Rei, da TGM Editora

Compartilhe:

Análise: Dead & Breakfast, da Braincrack Games

Dead & Breakfast é um jogo de colocação de peças em que os jogadores disputam quem consegue construir o melhor hotel mal-assombrado. Lançado através de uma bem-sucedida campanha de financiamento coletivo pela Braincrack Games, trata-se do primeiro trabalho publicado do game designer carioca Rodrigo Rego.

Continuar lendo Análise: Dead & Breakfast, da Braincrack Games

Compartilhe:

Ms. Monopoly e a hipocrisia da Hasbro

Ms. Monopoly é o nome da nova versão anunciada pela Hasbro de um dos jogos de tabuleiro mais populares do mundo. A empresa anunciou que o objetivo destacar o pioneirismo feminino ao colocar diversas criações realizadas por mulheres. Tudo muito bonito se não fosse o fato da autora original do jogo continuar sendo ignorada até os dias de hoje.

Continuar lendo Ms. Monopoly e a hipocrisia da Hasbro

Compartilhe:

Entrevista com Elizabeth Hargrave, game designer do Wingspan

Elizabeth Hargrave é certamente uma das maiores revelações que o universo boardgame teve nos últimos tempos. Wingspan, seu jogo de estreia, conquistou as mesas de jogadores por todo o mundo e o prêmio mais importante da indústria, o Kennerspiel des Jahres.  Em um meio tão difícil de vermos mulheres em posição de destaque, o sucesso alcançado por ela tem um significado ainda maior, a transformando em uma inspiração.

Continuar lendo Entrevista com Elizabeth Hargrave, game designer do Wingspan

Compartilhe:

Análise: Wingspan, da Ludofy Creative

Quando Wingspan foi lançado chamou bem pouco a minha atenção. Apesar de gostar de jogos com temáticas diferentes, estou realmente cansada de fantasia medieval estilo D&D, observação de pássaros não é um tema dos mais atrativos. Porém, praticamente todos os dias aparecia alguma foto nas minhas redes sociais, o que começou a mexer com a minha curiosidade. Fora que o jogo tem uns componentes realmente bem bonitos.

Continuar lendo Análise: Wingspan, da Ludofy Creative

Compartilhe:

2º Encontro de Desenvolvedores Independentes de Jogos de Mesa

Sábado, dia de 29 de junho, nós comparecemos ao 2º Encontro de Desenvolvedores Independentes de Jogos de Mesa, que ocorreu na ECDD – Escola de Comunicação e Design Digital, que fica localizada no Rio de Janeiro. O evento foi idealizado e organizado pela Casa do Goblin e pela Trio Jogos com o objetivo de promover o aprendizado através da troca de experiências entre os seus participantes.

Continuar lendo 2º Encontro de Desenvolvedores Independentes de Jogos de Mesa

Compartilhe:

Análise: Valente – O amor em jogo, da Geeks N Orcs

Valente – O amor em jogo é um cardgame baseado na premiada série de HQs do quadrinista brasileiro Vitor Caffagi, que conta as divertidas aventuras amorosas de um simpático cãozinho de nome Valente. O jogo foi lançado no ano passado pela editora Geeks N’ Orcs através de uma campanha de financiamento coletivo muito bem-sucedida, a meta foi alcançada em menos de 1 hora, e tem como game designer Renato Simões.

Continuar lendo Análise: Valente – O amor em jogo, da Geeks N Orcs

Compartilhe:

Análise: Grasse – Mestres Perfumistas, da Ludens Spirit

Grasse – Mestres Perfumistas é um jogo de autoria de Bianca Melyna e Moisés Pacheco, lançado pela Ludens Spirit, e que possui como mecânica principal a alocação de trabalhadores. Financiado no Catarse, no final do ano passado, batendo mais de 400% da meta inicial e destrancando todas as estendidas, Grasse é o atual primeiro lugar do ranking de Designer Nacional da Ludopedia, principal fonte de informação sobre jogos analógicos no Brasil, e se consagrou merecidamente como o grande ganhador do Prêmio Ludopedia, na categoria Jogo Expert – Designer Nacional, tanto na votação popular quanto na votação do juri especializado. Mas o que faz dele um jogo de tanto sucesso?

Continuar lendo Análise: Grasse – Mestres Perfumistas, da Ludens Spirit

Compartilhe:

Análise: Villainous, da Ravensburger

Villainous foi um jogo que me surpreendeu bastante, por causa do tema eu esperava algo bem mais simples, até mesmo mais pensando para o público infantil. Porém, apesar de ser jogo sobre vilões da Disney, ele apresenta uma complexidade razoável. Isso acontece porque cada vilão de um objetivo distinto, portanto a forma de jogar com cada um deles muda bastante.

Continuar lendo Análise: Villainous, da Ravensburger

Compartilhe:

Bate-papo sobre a arte do jogo Sereias

Com menos de uma semana de campanha, Sereias conseguiu na última sexta-feira (26) bater 100% da meta no financiamento coletivo. Coincidentemente, no mesmo dia já estava marcada uma live com as responsáveis pelo belo visual do jogo: Mariana Livraes (ilustração) e Jessica Lang (design gráfico).

Continuar lendo Bate-papo sobre a arte do jogo Sereias

Compartilhe: