Saikoro Club

Quem acompanha regularmente animes sabe que eles são capazes de abordar absolutamente qualquer tema. Para a nossa felicidade, chegou a hora e a vez dos boardgames. Saikoro Club conta a história de um grupo de estudantes unidas pelo prazer de se reunir em volta de uma mesa para jogar. A cada episódio, temos as meninas descobrindo um novo título, mas não apenas isso, uma delas se lançará no desafio de criar seu próprio jogo.

Continuar lendo Saikoro Club

Compartilhe:

COVID19 – Não reúna seus amigos para jogar

Vídeo especial fazendo um apelo para que todos os jogadores respeitem as orientações referentes ao isolamento social solicitado pelas autoridades de saúde para o controle da pandemia que começa a se espalhar pelo nosso país. Não seja irresponsável. Não reúna seus amigos para jogar. Fique em casa.

Continuar lendo COVID19 – Não reúna seus amigos para jogar

Compartilhe:

Entrevista: Editora O Capturador

O Capturador é uma editora nova no mercado e que chega com uma proposta  bem diferente e interessante, trazer para o público brasileiro jogos com temática de Ficção Científica, Terror e Visual Anime, o que não costumamos ver sendo lançado por aqui. A editora carioca lançou, no início deste ano, seus 6 primeiros títulos, formando um catálogo inicial que é uma boa amostra de sua visão. Vocês  já podem conferir a análise de Don’t Turn Your Back, primeiro título que selecionamos para testarmos. Para conhecermos melhor a editora, propomos a entrevista que vocês conferem a seguir.

Continuar lendo Entrevista: Editora O Capturador

Compartilhe:

Análise: Deusastrados, da TGM Editora

Deusastrados, do game designer Alexander Francisco, é mais um ótimo jogo festivo nacional lançado no mercado pela TGM Editora. Ele comporta 2-4 jogadores e utiliza uma eficiente combinação de Ação Simultânea com Poderes Variados, Reconhecimento de Padrões e Toma Essa. Destaque para a bela arte de Guilherme Cavalcante.

Continuar lendo Análise: Deusastrados, da TGM Editora

Compartilhe:

#8M Nós Queremos Respeito!

Ontem foi o Dia Internacional de Luta pelos Direitos das Mulheres, uma data que para mim dentro do boardgame acabou ficando marcada por uma série de coisas bem ruins. Então, nunca é fácil decidir o que fazer exatamente nesta data porque se tornou algo doloroso. Porém, considero uma vitória pessoal estar mais um ano aqui com o Turno Extra, apesar de todos os problemas. Assim sendo, mesmo sem esperanças de que vai adiantar alguma coisa, aqui estamos mais uma vez erguendo a voz para lutar pelo nosso direito de sermos respeitadas. Continuar lendo #8M Nós Queremos Respeito!

Compartilhe:

Notícia: Potato Cat anuncia encerramento de suas atividades

A Potato Cat sempre foi uma das minhas editoras nacionais favoritas, então foi com grande pesar que li o comunicado sobre o encerramento de suas atividades. Certamente, uma grande perda para o nosso mercado. O lançamento mais recente deles foi o Sereias, dos game designers Jorge Luís Rocha e Sabrina do Valle, e há ainda mais um último jogo que será publicado – o Cyber Squad, dos game designers Eduardo Guerra e Leonardo Costa.

Continuar lendo Notícia: Potato Cat anuncia encerramento de suas atividades

Compartilhe:

Análise: Don’t Turn Your Back, de O Capturador

Don’t Turn Your Back, do game designer Eric B. Vogel, publicado originalmente pela Evil Hat Productions, e lançado no Brasil pela O Capturador, é uma empolgante mistura de Construção de Baralho, Alocação de Trabalhadores e Controle/Influência de Área. O jogo que comporta de 2-4 jogadores é ambientado no interessante universo do RPG de terror Don’t Rest Your Head, que nos apresenta a insanidade do mundo dos pesadelos, muito bem representada pela arte de George Cotronis.

Continuar lendo Análise: Don’t Turn Your Back, de O Capturador

Compartilhe:

Análise: Córtex Desafios, da Mandala Jogos

Córtex Desafios foi um dos jogos festivos mais divertidos que joguei recentemente. Lançado no Brasil pela Mandala Jogos, ele apresenta 8 tipos de Desafios distintos que variam entre diferentes possibilidades de utilização de Memória e Reconhecimento de Padrões combinados com Ação Simultânea para testar a capacidade mental de 2-6 jogadores. Seu preço está na faixa dos R$70, o que o torna ainda bastante competitivo, principalmente pelo seu diferencial de possuir cartas texturizadas.

Continuar lendo Análise: Córtex Desafios, da Mandala Jogos

Compartilhe:

Análise: Sirvam o Rei, da TGM Editora

Sirvam o Rei, do game designer Joshua Kritz, é uma primeira tentativa muito necessária da TGM Editora de lançar um jogo pequeno e de baixo custo. Com uma caixinha que cabe no bolso e valor abaixo da linha dos 50 reais, o jogo para 3-6 jogadores é uma combinação de Memória e Gestão de Mão, com algumas doses de Toma Essa e Blefe. Destaque para a bela arte de Diego Sá.

Continuar lendo Análise: Sirvam o Rei, da TGM Editora

Compartilhe:

Análise: Dead & Breakfast, da Braincrack Games

Dead & Breakfast é um jogo de colocação de peças em que os jogadores disputam quem consegue construir o melhor hotel mal-assombrado. Lançado através de uma bem-sucedida campanha de financiamento coletivo pela Braincrack Games, trata-se do primeiro trabalho publicado do game designer carioca Rodrigo Rego.

Continuar lendo Análise: Dead & Breakfast, da Braincrack Games

Compartilhe: