Saiba como foi o aniversário da Game of Boards

No último sábado (23), os sócios da Game Of Boards abriram suas portas para receber clientes, amigos e familiares para celebrar o seu primeiro ano de atividade. Eles têm muito para comemorar, pois conseguiram em seu pouco tempo de existência se tornar a principal referência em boardgames no RJ, e não foi ao acaso. O estabelecimento é, hoje, reconhecido por suas jogatinas semanais, eventos ocasionais e outras programações que sempre rolam por lá. Mais que uma loja, é um “point” para quem quer marcar de encontrar pessoas ou conhecer gente nova.

Daniel, Léo, Thiago e Victor, os proprietários da Game Of Boards.

A LOJA:

A Game Of Boards começou seu funcionamento em um espaço bem pequeno, porém após alguns poucos meses já estava de mudança para um local maior dentro da mesma galeria. Isso proporcionou muito mais conforto aos clientes que agora podem contar com mesas para jogar a qualquer dia e horário da semana em um espaço climatizado.

Game Of Boards quando inaugurou.
Game Of Boards atual.

A mudança também permitiu a ampliação da linha de produtos e serviços oferecidos pela loja, sendo o principal deles o aluguel de jogos. Com um catálogo que abrange boa parte dos jogos lançados no Brasil e ainda alguns títulos importados (mais de 150 no total), os valores são divididos em três categorias de acordo com tamanho e preço de venda, variando entre R$15, R$30 e R$50. O tempo de aluguel é de uma semana. Existe também a opção de assinatura de planos mensais.

Os jogos que aparecem na foto são os disponíveis para alugar ou jogar na própria loja.

A Game Of Boards cobra uma taxa de R$ 10 de segunda a quinta e um valor entre R$ 10 e R$ 20 sexta e sábado, por pessoa, que permite uso por tempo ilimitado de mesas e jogos disponíveis. Todavia, o valor pode ser convertido em consumação. Não sabe jogar? Não se preocupe, pois os funcionários da loja são sempre bastante solícitos para explicar e nas sextas-feiras rola um reforço de monitores.

Leandro, um dos monitores, explicando Tail Feathers.

A jogatina de sexta-feira é o maior encontro semanal do hobby no RJ e se tornou uma tradição para muitos jogadores cariocas. Além do espaço da própria Game Of Boards, um salão em anexo é alugado para comportar a todos com conforto e comodidade. A loja comercializa bebidas e alguns pequenos lanches, mas o casal que cuida do salão vende umas opções de comida mais robustas. Recomendo fortemente o sanduíche de carne assada.

Salão ao lado da loja usado para os mais diversos eventos.

Mais do que apenas uma loja que comercializa jogos e produtos na linha nerd/geek, a Game Of Boards tem marcado uma importante presença no fomento ao hobby. A loja sediou as edições iniciais do Lady Lúdica, evento cuja proposta é incentivar o crescimento da participação feminina; o concurso de protótipos, uma importante iniciativa para novos game designers; lançamento de jogos como foi o Anime Saga; além de campeonatos e pré-releases tais como Carcassonne Star Wars Destiny. É uma loja sempre muito receptiva para eventos que atendam aos mais diversos grupos de jogadores.

Uma das coisas que eu mais gosto na Game Of Boards é justamente a diversidade do público. Acho que eles conseguiram criar um ambiente muito amigável que atrai todos os tipos de pessoas. Então, tem aquele pessoal “heavy gamer”, que a gente já conhece dos eventos por aí; mas também sempre tem muitos jogadores novatos ou casuais. A quantidade de mulheres e famílias que sempre vejo na loja também chama atenção.

É uma loja em que a gente entra e se sente bem-vindo. Meu maior medo em ir desacompanhada aos lugares é ficar me sentindo isolada, não conseguir me integrar, isso porque sou muito tímida. Mas, nas vezes em que estive na loja nessa situação, sempre teve alguém para me convidar para jogar.

O EVENTO:

Além dos jogos, teve também uns comes e bebes.

Para comemorar seu primeiro ano de existência, a Game Of Boards fez um esquema de Play To Win. Foram mais de 10 mesas disponíveis com monitores para orientar e ajudar os jogadores. Ao término da partida, todos recebiam um cupom para se inscrever no sorteio daquele jogo específico. Eu participei como monitora dos jogos da editora Arcano Games, Anime Saga e Contária. Foi cansativo, mas também muito legal. Tive a oportunidade de interagir com bastante gente.

Mesa de Contária não parou. Nunca tinha explicado tantas vezes um mesmo jogo.

O único problema foram as filas de espera que acabaram ficando um pouco longas e confusas, pois era apenas um único responsável cuidando da lista para uma grande fluxo de pessoas. Muitas se inscreviam em várias mesas ao mesmo tempo, aí quando eram chamadas já estavam jogando outra coisa, fora que boa parte estava em grupos e queriam permanecer juntos.

Os jogos mais disputados me pareceram ser Dead Of Winter e Tail Feathers, dois títulos cujo tempo de partida eram maiores e não me pareceram muito adequados ao esquema Play To Win, no qual a galera quer jogar a maior quantidade de jogos possíveis para participar da maior quantidade de sorteios. Por mais que tenha ocorrido adaptação para encurtar a partida, ainda assim é bem complicado.

Dead Of Winter, uma das mesas mais disputadas.

Além dos sorteios do Play To Win, ainda rolou desconto de 12% em relação em compras a vista e parcelamento em até 12x para compras de qualquer valor. Eu achei um pouco fraco, nada que me estimulasse a abrir a carteira. Para não dizer que saímos de mãos vazias, compramos o Dr. Eureka, lançamento da Mandala Jogos que estávamos de olho desde que foi anunciado.

Nossos parabéns para toda equipe Game Of Boards. Que este tenha sido apenas o primeiro de muito outros anos.

CONSIDERAÇÕES FINAIS:

Eu curti muito a ideia do Play To Win e pretendo tentar algo na mesma linha em alguma edição futura do Guadalupeças. Eu gosto de promoções que façam as pessoas se envolverem com o hobby. Tenho pensado muito em formas de fazer ações nesse sentido, não apenas dar prêmios para encher evento ou aumentar inscritos e curtidas, mas que promovam interação.

Acho que mais importante do que aumentar os números é conseguir construir um relacionamento com quem consome o nosso conteúdo ou frequenta nosso evento. Eu fico bem feliz com cada comentário que recebo e cada vez que alguém vem falar pessoalmente comigo. Mesmo que, por vezes, eu não consiga demonstrar isso claramente, pois sou extremamente tímida.

Sempre que possível estamos presentes na jogatina de sexta-feira da Game Of Boards. Venha jogar com a gente! Estamos analisando a viabilidade de gravar algumas partidas que jogarmos lá para colocar no canal. É isso aí, mais do que assistir ao Turno Extra, talvez, em breve, seja possível também aparecer no canal.

Confira mais algumas fotos:

Mesa de Dead Men Tell No Tales.
Mesa de Bushido.
Ganhador do sorteio do Tail Feathers.

Confira também o vídeo que gravamos:

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *