Saiba como foi o 46º Guadalupeças Encontro de Games

Tivemos, no último domingo, mais uma edição do nosso querido Guadalupeças. A novidade desta edição foi mais administrativa, abolimos o caderno de assinaturas e adotamos um formulário digital. Isso vai permitir uma avaliação muito melhor do evento para que possamos ser mais assertivos nas nossas ações.

Uma das questões do formulário é um espaço para sugestões, eu já havia comentado sobre isso em algum texto de edição passada do evento, a vontade de disponibilizar uma forma para que os frequentadores possam deixar suas opiniões. Sempre considerei isso algo muito importante.

Tivemos duas estreias de jogos no evento: Amun-Re, da Conclave Editora, e O Albergue Sangrento, da Mandala Jogos. Foi legal que foi o nosso post que despertou nas pessoas a vontade de conhecer o jogo. E agora posso dizer que Amun-Re não é apenas bom de jogar e fazer piada, mas também é agradável até de assistir.

Leiloando províncias e construindo pirâmides.

O Albergue Sangrento, eu não joguei, infelizmente, porque estava ocupada na mesa do Amun-Re, porém o que eu vi do jogo me agradou bastante e parece ter agradado quem jogou também porque ele nem voltou para casa. Se pediram emprestado para jogar mais é porque realmente gostou muito. Quando o jogo retornar, vou jogar e fazer o post/vídeo aqui. O tema dele é tão maravilhoso.

Matando hospedes e enterrando os corpos para ter mais lucro.

O que eu mais fiz nesse fim de semana de foi jogar Codenames e Spyfall, joguei no Selva Jogos e também no Guadalupeças. São dois party games muito divertidos, um saiu aqui pela Devir e o outro chega em breve pela Papergames. Apesar da versão que temos ser da Marvel, não duvido nada que ela apareça no Brasil logo também. São dois jogos ótimos para juntar a galera, duas formas diferentes de se divertir cooperativamente.

Eu sou uma péssima espiã. Zero habilidade de blefe.
Parece até que a gente está discutindo, né?

Tivemos também um jogo que fazia muito tempo que não via mesa e deu o ar da graça nesta edição. O Caçadores da Galáxia é um jogo que eu ainda considero com um dos melhores nacionais já lançados, mesmo com todos os problemas.

Aquele Euro de robô gigante que a gente respeita.

Recentemente, ele voltou a ser notícia graças ao início do KS gringo pela IDW Games, com o nome de Galaxy Hunters e trazendo miniaturas. O KS foi retirado do ar por causa de algumas falhas no planejamento da campanha, mas estamos no aguardo de um retorno.

Segue fotos de outros jogos que rolaram nesta edição:

Sherlock, uma das surpresas mais agradáveis das últimas aquisições.
Cook Off é um nacional já antiguinho que eu gosto muito.
Modern Art é mais um jogo de leilão incrível do mestre Reiner Knizia.

Nossos agradecimentos a todos que compareceram a mais uma edição do Guadalupeças, espero que tenham se divertido tanto quanto a gente. Mês que vem tem mais, no mesmo local e horário. Fiquem ligados nas nossas redes sociais para saber informações do evento e novidades do universo dos jogos de tabuleiro.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *