[MeepleBR] Entre Jogos – Afrogames

Neste mês de novembro, a MeepleBR dá a sua contribuição para a luta antirracista nos jogos abrindo seu espaço para falarmos sobre os Afrogames. Sexta-feira (27) às 20h, vou participar do Entre Jogos, encontro mensal promovido pela editora que visa promover o debate sobre o mercado de jogos nacional, junto com os game designers Sanderson Virgolino, Rennan Gonçalves, Valter Bispo e Talita Rhein.

“Os jogos são um produto cultural, assim como livros, filmes e séries de TV, por isso carregam em si o imaginário de um povo e de uma época. Se vivemos em uma sociedade racista é de se esperar que os jogos carreguem estereótipos raciais negativos, valorizando elementos de origem branca e/ou europeia e desvalorizando características negras e africanas.

Se queremos construir um mundo mais diverso e justo, debater como os jogos podem trazer uma visão mais plural de nossa sociedade é fundamental. As questões da representatividade, e principalmente, do protagonismo, se tornaram pautas fundamentais dentro da indústria cultural.

Nesse contexto, vemos o surgimento de designers, produtores de conteúdo, artistas e demais profissionais que estão contribuindo para lidar com esse desafio. O termo afrogame começa a ser utilizado para designar jogos que valorizam a cultura africana e dos afrodescendentes. Entretanto, ainda existem algumas dúvidas: o que define um afrogame? Quais os objetivos e impactos desses jogos na sociedade? Quais afrogames estão sendo desenvolvidos atualmente no Brasil?”

Trecho da postagem no site da MeepleBR

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *