Turno Extra na Gen Con 2021

Gen Con é uma das mais maiores convenções de jogos de tabuleiro do mundo. Ela atrai anualmente milhares de fãs e entusiastas do hobby até Indianápolis, nos EUA. Porém, a pandemia da Covid-19 inviabilizou a edição em formato presencial no ano passado.

A solução encontrada foi a realização de uma versão virtual – a Gen Con Online, que este ano ocorrerá de 16/09 à 19/09, em paralelo com a versão física, que está de volta em 2021. Assim como ocorreu na edição de 2020, este ano teremos novamente com uma grande e variada oferta de conteúdos em português. 

Ano passado a nossa participação na Gen Con Online foi como convidada em atividades organizadas por outras pessoas, desta vez o Turno Extra terá a sua própria programação. Durante todos os 4 dias de evento, vai ter atividades acontecendo no nosso canal.

Para poder participar é necessário: realizar o cadastro no site da Gen Con, adquirir o ingresso e depois a inscrição nos conteúdos desejados. No vídeo abaixo, além de falar sobre a programação do canal, é explicado o passo a passo de todo esse processo. 

Seguir todo o trâmite corretamente é fundamental não apenas para garantir o seu acesso às atividades, os links das salas (Discord, Zoom, Tabletopia…) serão enviados por mensagem privada apenas aos inscritos no próprio dia da realização, mas também como forma de registro do interesse do público. Então, mesmo para conteúdos em plataformas de livre acesso, como é o caso de Instagram e Youtube, é muito importante.

A montagem da programação para Gen Con Online seguiu a linha de conteúdos que já são cotidianamente realizados no canal, teremos bate-papos sobre temas diversos, gameplays com game designers e uma jogatina especial reunindo convidados de outros canais. Acompanhe a seguir as informações sobre cada uma das atividades.

[EDIT 24/09 – VÍDEOS DAS LIVES]

Muito se fala dos aspectos positivos do boardgames, que são inúmeros e inegáveis nas mais diversas áreas, incluindo saúde mental; entretanto, existem também aspectos negativos e eles precisam ser discutidos. O que fazer quando o hobby deixa de ser algo prazeroso nas nossas vidas e passa a ser motivo de angustias? Como manter uma relação saudável com os jogos?

Nosso painel sobre Saúde Mental e os Boardgames vai tentar jogar um pouco de luz a essa importante questão ainda tão pouco discutida no nosso meio trazendo dois convidados que compartilharam recentemente sobre essas experiências, além de trazer também um especialista na área que nos apresentará a visão profissional.

Teremos conversando com a gente Nanda Sales (Joga Mana) que publicou o texto “Meu caminho de desconexão com o hobby“, que teve uma grande repercussão, com muita gente se identificando com os pontos por ela levantados, e André Zabu (Jogatina BG), que abordou a sua experiência ao encerrar o recém-iniciado podcast Setup.

Junto com a gente participando dessa conversa receberemos o Dr. Lucas Campos, psiquiatra que vai nos ajudar a discutir e refletir sobre a forma como nos relacionamos com o hobby, quando o consumismo e o zelo excessivo são indicativo de problemas que merecem a nossa atenção. 
 

Acredito que seja consenso que os boardgames são um hobby social, entretanto quando vamos tratar dos jogos especificamente parece que abandonamos esse aspecto, nos concentrando tão somente no produto em si, ignorando as pessoas no processo como parte fundamental.
 

Procuramos uma falsa ideia de isenção colocando os jogos nessa espécie de vácuo existencial. Uma tentativa equivocada de eliminarmos questionamentos que infelizmente são encarados por muitos como formas de politização, em uma interpretação errônea do que isso venha a ser de fato. 

Tirando os jogos do vácuo: o hobby como parte da sociedade é uma proposta de reflexão sobre como trazermos as pessoas em toda a sua diversidade para o nosso exercício cotidiano de pensarmos sobre jogos, como entre discussões sobre mecânicas e temas, não podemos deixar de fora o fator humano. 

Para bater esse papo com a gente, teremos como convidadas representantes de iniciativas que, assim como nós aqui do Turno Extra, também se preocupam com a questão e procuram encontrar novas formas de pensar essa relação dos jogos e sociedade. Contaremos com a presença da Ana Cristina (BG das Minas), Amanda Alexandrini (Joga Mana) e Barbara Cortes (Joga Mana e Liga Brasileira de Mulheres Tabuleiristas).

The Crew (A Tripulação) é um jogo que se destaca por uma ideia simples, porém extremamente original, que o levou a ser com muito mérito o grande ganhador do Spiel des Jahres do ano passado. Mas que proposta inovadora seria essa? Trata-se de um jogo de vaza cooperativo com progressão de dificuldade. O tipo de coisa que a gente fica pensando como ninguém tinha criado antes.

No nosso Desafio The Crew (A Tripulação), vamos ver até que ponto conseguiremos avançar antes de sermos derrotados ou o nosso tempo se esgotar. Além de mim, nossa tripulação contará com a presença de Diego (Canal do Tio Di), Carol e Lívia (Rainbow Meeple) e Lucas (SBO Arena Offline).

Em Semeando o Cuidado, os jogadores interpretam um grupo de Agentes de Saúde e precisam dialogar com a população para resgatar e sistematizar saberes sobre plantas medicinais dentro do limite de rodadas. Devem buscar conhecer demandas de saúde do território, indicações de plantas para cada demanda e receitas de preparo e uso. Precisam, ainda, cultivar e coletar plantas para o preparo de remédios caseiros, enfrentando bloqueios ao diálogo e eventos desafiadores.

Este jogo é cooperativo. Por isso, será importante trabalhar em conjunto, aplicando suas habilidades distintas para se tornarem guardiões dos saberes populares, atender as necessidades da população com mais autonomia e integrarem ainda mais a comunidade nos processos de cuidado!

O jogo Semeando o Cuidado foi elaborado dentro do projeto Educação Popular: Semeando o cuidado e fortalecendo o direito à saúde, desenvolvido pela Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio / Fundação Oswaldo Cruz. O projeto inclui também o curso Educação Popular e Plantas Medicinais na Atenção Básica à Saúde, orientado pelo livro didático disponível no link.

O Gameplay Semeando o Cuidado contará com a presença de Cynthia Dias, responsável pela coordenação de design e de desenvolvimento do jogo. Eu já tive a oportunidade de jogá-lo antes e com o belo trabalho visual de Andreza Farias poderia ser um título lançado comercialmente. 

Mulheres Pretas Mudando a Cena de Boardgames do Brasil vai ser um bate-papo reunindo Monique Garcez (BG das Minas), Nanda Sales (Joga Mana) e a game designer Talita Rhein, que também é a idealizadora do painel, para compartilhar suas vivências dentro do hobby, além de apresentar casos de sucesso de pessoas negras e iniciativas que dão visibilidade a criadoras de conteúdo, designers de jogos, entre outras profissionais. Monique e Nanda também fazem parte da Liga Brasileira de Mulheres Tabuleiristas.

Talita Rhein estreou no mercado com o divertido party game Dogo Dash, que já chegou chamando atenção por sua preocupação com a inclusão e diversidade, mesmo em um pequeno jogo de cartas. O jogo foi lançado ano passado através de uma campanha de financiamento coletivo no Kickstarter e agora chega ao Brasil pela TGM Editora.

Agora a game designer brasileira que mora na Alemanha está trabalhando em seu segundo projeto. Rios e Mar é um jogo de cartas cooperativo sobre a jornada de uma aldeia inspirada no povo Pataxó. A missão é aumentar de membros e recursos para descer os rios em direção ao mar.

Rios e Mar é um dos 3 finalistas do edital Ligadas na Meeple, uma parceria super bacana entre a Liga Brasileira de Mulheres Tabuleiristas e a editora Meeple BR, que vai selecionar um jogo de cartas de autoria 100% feminina para ser publicado. Um projeto pioneiro que tem sido um incentivo bastante significativo para ampliação da quantidade de mulheres game designers.

O Gameplay de Rios e Mar aqui no Turno Extra vai ser a primeira vez do jogo sendo apresentado ao público.

Segue abaixo uma seleção outras atividades que nos chamou atenção:

  • Quinta-feira (16/09)

16h – Monitoria de Jogos

19h – Print & Play: O que são? Onde encontrar? Como fazer e muito mais 

21h – Como fugir dos jogos caros em tempos de pandemia 

21h – Afrogames: Algumas Propostas de Jogos da New Player 

21h – Playtest – Ananse: Na Teia da Investigação 

  • Sexta-feira (17/09)

14h – Jogos de tabuleiro no espaço público: Um universo de possibilidades

14h – Experiências de acessibilidade em jogos de tabuleiro e RPG

17h – Entrevista com a autora Talita Rhein – Dogo Dash

19h – Representatividade em Jogos

20h – Elas produzem Boardgames

20h – Estratégias para manter sua coleção saudável

20h – Playtest – Como os goblins salvaram o Natal

21h – Super Heroes: Gameplay protótipo*

21h – Tabulero: um panorama sobre o app, seus recursos e planos para o futuro

  • Sábado (18/09)

11h – Presente do Futuro – Convergência entre Ludologia, Futuros e Educação

12h – De Jogo Analógico a Digital: Primeiros Passos na Plataforma Tabletopia

12h – Pautas Transversais na Prática: Reflexão crítica sobre jogos presentes no mercado

13h – Oficina do Playtest: um modelo aberto e coletivo para playtests de protótipos

13h – Quartz Day

15h – Diversificando o Game Design

15h – Jogos de Tabuleiro e Educação em Saúde

15h – O processo por trás de Paper Dungeons + Game Jam de Caneta e Papel

16h – Apresentação: Corrida de Canetas

16h – Ensinando Lógica de Programação para Crianças com Board Games

17h – Todas as Cores do Baralho: Card Games nas mãos de todes

18h – Game Design e Educação

19h – O Bom do Videogame – Partida de Demonstração*

19h – Oficina com o jogo “Lutas Simbólicas” com Daniel Costa Valentim (designer do jogo)

19h – Venha jogar PnPs comigo

  • Domingo (19/09)

11h – Samba e Poesia: representações culturais nos jogos de tabuleiro

15h – Criticidade e Jogos analógicos: como tornar jogos mais acessíveis?

20h – Joga ou Passa: Anúncios da Gen Con 2021

20h – Balanço da cena: 2020 x 2021

*atividades com outras opções de dia e horário

Espero que tenham gostado da nossa pequena seleção. Tem muito mais conteúdo disponível. Consultem a programação completa. Uma boa Gen Con Online para todos.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *